Avenged Sevenfold Portuguese Forum

Forum Portugues da Banda Avenged Sevenfold
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Login  

Compartilhe | 
 

 Love by a wire [+ 18]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Teky
Admin


Mensagens : 519
Data de inscrição : 11/12/2008
Idade : 22

MensagemAssunto: Love by a wire [+ 18]   Sab Fev 14, 2009 2:09 pm

Titulo: Love by a wire
Autora: Ana Jesus(eu)
Shipper: Matt/Ann
POV: 1a pessoa
Terminada: não
Capítulos: indifinido

Bem, esta é uma fic que por inicio escrevi com os Cinema Bizarre, mas mudei as personagens para avenged, e espero que gostem ^^

*esta fic é mais antiga que a "Almost Easy" ^^*
-1-


Mais um Show , estava de rastos .Estes Shows matavam-me , mas os meus fãs só faziam com que não pensasse em nada disto . Saí do coliseu, pus o capuz do meu casaco para não ser reconhecida , mas mesmo assim acabei por dar alguns autógrafos . Entrei dentro do hotel , estava cheia de calor então de imediato tirei o capuz e fui directa para o meu quarto . Alguém me tinha chamado , olhei para trás , mas vi que não era ninguém e quando me virei pá frente vi um rapaz de cabelo preto e bonito por sinal, batendo contra mim. Tinha ficado toda molhada com a água que tinha na mão . Fiquei toda enervada , estava muito cansada e ainda tinha de aturar rapazes a esbarrarem-se contra mim? Naaaa, definitivamente .

A(Ann)- Qual é a tua rapaz? Não vês por onde andas?
M(Matt)- Desculpa? Tu é que não viste , quem vinha á frente .
A-Por sinal tu também não , olha só para isto?-disse mostrando a camisola- tou toda molhada , que raiva .
M- Deixa-me ver - O tal rapaz tinha se aproximado muito de mim e os nossos olhares colaram-se como se algo nos mantesse assim ... íamo-nos beijar , mas o meu jeito rude não deixou que isso acontecesse .
A- Deixa estar , isto seca , agora eu quero ir para o meu quarto , sai da frente - disse empurrando o tal rapaz contra a parede .

Fui para o meu quarto , pus a água da banheira a correr , tirei a roupa e deitei-me na banheira . Fechei os olhos . Aquela água estava tão boa , queria ficar ali pa sempre . Tentava me lembrar de coisas boas , que pela qual , não eram assim tantas que me podia lembrar . Forçava a minha cabeça , mas simplesmente a imagem daquele encantador rapaz não saia da minha cabeça . Batia a minha mão contra a minha cabeça , e ele não saia . Como isto me poderia tar a acontecer? Aquele rapaz, na minha cabeça? Naaa , não poderia ser .

[MAtt’s pov’s on]

Entrei dentro do meu quarto , estava lá o Syn , deitei-me na cama e comecei-me a rir , das imagens daquela rapariga toda enervada .

S- O que se passa Matt?
M- Nada nada , encontrei uma maluca pelo corredor , que nervos que ela me meteu .
S- Pela tua cara não me parece nada que ela te tenha enervado -disse sentando-se na cama .- Conta aqui o que aconteceu pá , sabes que podes confiar .
M- Tá okay , eu conto -disse me levantando .- Bem , aquela rapariga era linda , era tão ... sei lá , mexeu comigo completamente .
S- E encontraste-a onde?
M- Aqui no hotel mesmo .
S- Então o que é que estás á espera de ir atrás dela?
M- Achas?
S- O que é que tem? Vai lá , se ela mexeu contigo é sinal que estás a gostar dela .
M- Tá eu vou .

Saí do quarto a correr , e fui ter com a recepcionista do hotel . Fiz a descrição da tal rapariga e ela deu-me o nº do quarto do Hotel . Entrei dentro do quarto e ouvi água a mexer-se . Decidi ir até á porta do casa de banho . Queria espreitar para dentro desta , mas por mais incrível que pareça não consegui . Passados alguns minutos , não resisti , e olhei para dentro da casa de banho . Ela estava a enrolar a toalha pelo seu corpo . “Como ela é linda !” dizia para mim . Ela veio em direcção á porta e eu escondi-me debaixo da cama . Vi a toalha dela cair no chão . Aquilo estava a correr melhor do que eu imaginava . Fui para o canto da cama e espreitei para o espelho que estava á frente desta . Quando olhei , já ela estava em lingerie . “que nervos pá” dise batendo com a minha mão na cama .

A- Quem está aí? -disse ela enrolando a toalha .
M- ups , lixei-me .-disse baixinho para que ela não ouvisse .

Ela foi até á casa de banho , e eu aproveitei para sair dali e fugir . Saí , mas quando ia abrir a porta , ela aparece .

A- Eu sabia que eras tu . Seu porco como pudeste?
M-Eu? Err…. Eu não fiz nada-disse me engasgando .
A- Não se calhar ... Aposto que me viste tomar banho .
M- Juro que não fiz isso juro .
A- aahahaha deixa-me rir .
M- Não acreditas em mim não acredites, quero lá saber .-disse indo em direcção á porta , quando ela pára-me .

Ficamos cara a cara , completamente juntos . Sentia-mos a respiração um do outro . Nesse momento só me apetecia atirar-lhe para a cama , mas não consegui .

A- Isto não fica assim …. - disse se aproximando dos meus lábios , dando-me um beijo , um beijo profundo, doce , carinhoso , apenas um beijo diferente de todos os outros .

-----
Capitulo bem chatinho e tal XD -.-
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arauja_Kodomo
Admin


Mensagens : 857
Data de inscrição : 28/12/2008
Idade : 31

MensagemAssunto: Re: Love by a wire [+ 18]   Sab Fev 14, 2009 3:06 pm

LOLADA qe hot xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://arauja.hi5.com e http://mynotinsaneworld.blogspot.com
Teky
Admin


Mensagens : 519
Data de inscrição : 11/12/2008
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Love by a wire [+ 18]   Dom Fev 15, 2009 4:10 pm

Deitei-a na cama , queria ir além daquilo que estava a sentir no momento. Tirei-lhe a toalha que estava enrolada no seu corpo . “Oh my god que corpo mais lindo” . Senti as mãos dela percorrer as minhas costas , e apertando-as ligeiramente , fazendo-me arrepiar . Ajudei-a a tirar a minha camisola , e beijei-a por todo o corpo , chegando ao quadril . Dei leves mordidas , e ajudei-a a tirar as minhas calças. Eu já sentia o prazer que ela estava a ter ali comigo . Eu sentia tudo , de cada vez que ela dava um gemido . Sentia o quanto ela me queria . Estávamos cada vez mais próximos , cada vez mais prontos para ir além , quando ela pára-me .

M- O que é que se passa?
A- Pára , eu não quero mais , sai daqui .
M- O quê? -disse sem saber o porquê daquelas palavras .
A- Eu não te conheço , vejo-te um dia , e vou logo pá cama contigo? Não , sai daqui , eu não te quero ao meu lado .- disse se afastando de mim .
M- Então , isto tudo , não quis dizer nada para ti?
A- Não , sai daqui -disse indo para a porta abrindo-a .
M- Eu vou - disse vestindo as calças .- mas isso não fica assim . -disse indo embora .
[Matt’s pov’s off]

[Ann’s Pov’s on]

Eu não queria acreditar , eu realmente estava a amar aquele rapaz . As imagens do Yu vinham-me á cabeça , tudo se estava a passar igual ao que tinha passado com o Yu , mas porquê? Porque é que só a mim isto tinha de estar a acontecer? Encostei-me á porta , e já sentia uma lágrima quente cair pelo meu rosto . Chorei, mas por mais forte que eu quisesse ser não consegui nesse momento , chorei muito . Rastejei até á minha cama , Deitei a minha cabeça na minha almofada , ainda tinha o cheiro dele . Comecei a fechar os olhos e adormeci , na esperança de não sonhar com ele .
Acordei , com o som da porta a bater . Olhei no relógio , “7:00 H da manhã ?” só podiam estar a gozar comigo concerteza . Desci daquela enorme cama , e fui á porta .

L(Luana)- Hoje éramos para tar acordadas ás 6:00 H e tu ainda estás a dormir? Temos mais um Show caso não saibas .- disse entrando toda apressada .
A- Quê? Ah sim o Show . Mas, quê?- dizia ainda a dormir .
L- Ana ? Andas-te a drogar-te?
A- O quê? -disse rindo .- Achas?
L - Eu sei lá , Desde que o Tom…. ErrErr desculpa . - Ela sabia o quanto era complicado para mim ouvir aquele nome .
A- Deixa lá , mas as outras?
L- Já estão no pavilhão , temos de testar o som . Daqui a 5 H actuamos , e depois vai lá outra banda , uns Cinema Barro , Não é Tokio em Cinema , ah não sei , é uns alemães quaisquer .- disse toda baralhada .
A- Okay , eu vou tomar um banho e já vou tá?
L- Tá , eu espero-te na recepção .
A- Okay .

Ela saiu e eu fui tomar um banho . Tomei um banho gelado, para ver se punha no lugar a minha cabeça . Vesti uma saia á escocês , uma camisola aos quadrados , as minhas All stars , e uma pulseira . Nem tive tempo para pôr o meu lápis preto, e nem estava com cabeça para isso . Saí do quarto , fechei a porta , e quando me virei para a frente dei de caras com ele !

A- De novo? Tu?
M- Sim eu , precisamos falar .
A- Quê? Eu falar contigo? Não , é que nem pensar .
M- Pois , preferes fazer outras coisas não é?-disse sinico , nesse momento apetecia-me mata-lo .
A- Cala-te sue porco , não sou EU QUE ANDO A ESPREITAR RAPARIGAS A TOMAR BANHO . -disse muito alto , as pessoas ficaram todas a olhar para nós .
M- Tu não és fácil mesmo .
A- Pois não , e larga-me .-disse tentando tirar as mãos de cima de mim .
M- Oh pá fogo , não entendes?
A- Não entendo o quê?
M- Que eu te quero ajudar , pensas que não sei?
A- Que não sabes o quê?
M- Que tás assim só por causa de um rapaz .
A- Como é que sabes isso tudo?

Ele virou a minha mão e lá tinha uma tatuagem a dizer Yu .

A- Isto? ErRr este Yu aqui… é meu irmão .
M- Sim sim , e eu sou o pai natal .

Eu não tava a resistir , uma lágrima estava a cair pelo rosto . Eu tinha de desabafar , também por que é que eu estava a ser assim tão má para ele? Não tinha razões .Puxei-o para dentro do meu quarto , e fiquei encostada á porta .

M- Queres desabafar?

Eu não resisti , corri para os braços dele e chorei muito . Ele acariciava os meus cabelos . Dava-me leves beijos no pescoço e na testa. Levantei-me , acho que já estava pronta para contar tudo .

A- Bem -disse enxugando as lágrimas .- eu não sei como te vou contar , nem por onde .
M- Tem calma , tenta começar pelo inicio .
A- Bem , este Yu que tu viste aqui tatuado , foi o meu ex namorado . Eu realmente amava-o , ele era tudo para mim , simplesmente a minha vida rodeava á volta da dele . Nós namoramos um ano , então , eu engravidei dele , e ele simplesmente mandou-me abortar , a dizer que era o melhor para nós e tudo , eu não quis , e simplesmente ele abandonou-me assim , grávida , e agora de cada vez que me aproximo de um rapaz , eu tenho sempre aquele receio percebes?
M- Sim, percebo , mas tu tens um filho?
A- Não , infelizmente abortei naturalmente , porque eu realmente queria ter aquela criança .
M- Desculpa-me , desculpa-me a sério , eu nunca pensei que isto tudo fosse assim tão grave .

Os olhos dele brilhavam , eu podia ver o quanto ele estava arrependido , ele parecia que ia….. Chorar?

A- Bem , eu perdoou-te, eu... compreendo-te .
M- Ainda bem a sério - ele disse vindo para os meu braços .- Sabes? Eu gosto muito de ti .-ele disse aquelas palavras , como se ainda fosse uma criança .
A- Pode parecer que não , mas eu também .-disse com várias lágrimas no rosto .

Ficamos ali , uns 5 min. , mas lembrei-me que tinha de ir preparar as coisas para o Show , as meninas já deviam estar Fulas comigo . Expliquei-lhe que tinha de ir embora , e ele concordou . Mas antes de eu sair, ele agarrou-me mais uma vez, com aquelas enormes mãos.

M- Promete-me que não te afastas de mim , eu realmente quero te ter como amiga .
A- Eu prometo .

Ele deu-me um beijo na testa , e eu segui para o pavilhão .Quando cheguei lá , já vinha a Rita , completamente enervada ter comigo .

R- O que é que se passa contigo mulher? Tás sempre a chegar atrasada !-disse pondo as mãos na cintura .
A- Tem calma Rita , ouve só uns imprevistos .
R- Pois , pois imprevistos .
A- Mas vamos começar a testar o som?
R- Sim , anda .

Eu comecei , por cantar um pouco , estava nervosa para o concerto , e só a música me fazia acalmar . Estava a cantar uma das músicas , que me fazia sentir mais leve , e calma .

Why you don't tell me that everyhting is just a dream?
Why I just can't tell you what I feel?
If just everything begins with a
Once upon a time
I run in the street
Waiting to hide the pain

But ...

I can't go home
Reaching the place where I belong
And where you could be
I don't want this life
Not this I chose
Let me stay close to you
Even and even more

Ask me to look inside of your eyes
Asks me to hear this music that calls for me
I never felt like this before
I never felt that i could chose the colour of my days
The colour of my feelings
I just want ...
Feels like before

I can't go home
Reaching the place where I belong
And where you could be
I don't want this life
Not this I chose
Let me stay close to you
Even and even more

yeah

I know that I love you much more
Than you think
You're closer to me
And, your heart
Shows me where I
belong ...

------------------------

A música é da minha autoria ^^
:$
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kelly-Chan



Mensagens : 3
Data de inscrição : 20/07/2009

MensagemAssunto: Re: Love by a wire [+ 18]   Ter Jul 21, 2009 1:54 pm

Olha eu AMEI a fic ! Tá meme kawaii *-*
Fez-me sonhareeee :$ ahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arauja_Kodomo
Admin


Mensagens : 857
Data de inscrição : 28/12/2008
Idade : 31

MensagemAssunto: Re: Love by a wire [+ 18]   Ter Jul 21, 2009 1:59 pm

Ui ui adorei mesmo a serio Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://arauja.hi5.com e http://mynotinsaneworld.blogspot.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Love by a wire [+ 18]   Hoje à(s) 7:05 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Love by a wire [+ 18]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Love.Might.Kill
» Beautiful Love e Nardis(solos de Bill Evans)
» Eric Clapton - Bad Love Bass
» [Fic] Dangerious Love
» Love Still Goes On é considerado inapropriada pela MBC

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Avenged Sevenfold Portuguese Forum :: Fan art :: Fanfics-
Ir para: